Multicálculo: Grupo de Corretores analisa ferramenta

33
Conheça as regras para entrar no Simples Nacional
8 de fevereiro de 2016
35
Oportunidade: Novo nicho é atrativo ao Corretor
8 de fevereiro de 2016

Multicálculo: Grupo de Corretores analisa ferramenta

34

A exemplo do que ocorreu após a publicação de matéria sobre acidente no qual uma mulher foi ferida pela queda de estrutura de vidro, no balneário Camboriu (SC), o “Bom Dia Seguro”, programa do WhatsApp do CQCS, voltou a ser utilizado pelos corretores de seguros para debaterem um assunto polêmico. Desta vez, o tema em pauta foi o uso do multicálculo.

O debate começou quando o corretor Wellington de Souza fez uma postagem para saber a opinião dos colegas sobre a ferramenta, alegando que tinha intenção de usá-la para “aumentar os resultados”.

Um dos profissionais que responderam, Francisco Alves da Silva, argumentou que tudo depende da estratégia individual. “Pode ser bom para um e ruim pra outros”, frisou.

Já Salvador Franco acentuou que a questão de se associar a uma franquia tem as suas vantagens, pois o corretor não perde tempo negociando com as seguradoras. “Mas, precisa saber que não é mais o dono sozinho do seu negócio. Não vai trabalhar com o seu nome e que, se a franqueadora tiver problema, você também estará envolvido. Portanto, precisa pensar muito”, destacou Franco, acrescentando que é importante apurar se as franquias exigem que o franqueado seja corretor de seguros habilitado, pois, caso contrário, “certamente haverá problemas futuros”.

Por sua vez, o corretor Rodrigo Cesar revelou que, ao conhecer mais detalhadamente esse modelo comercial descobriu que não vale a pena. “Precisa muito investimento. Acho que uma associação a um grupo forte pode ser mais viável e render bons resultados”, assinalou.

Oposição contrária tem Leovegildo Souza, que utiliza um sistema disponível no mercado para realizar, em media, 200 cálculos a cada mês, pagando R$ 90,00 mensalmente. “Já calcula diversas modalidades em segundos”, testemunhou.

Outro defensor desse modelo é Eliseu Marcos Christo, que é acionista da Lojacorr e recomenda o multicálculo para corretores de médio e pequeno porte. “Vale muito a pena”, assegurou.

Já Thais Gonçalves disse que trabalham em uma corretora de seguros “pequena” e tem gostado do resultado obtido a partir da utilização do multicálculo. “Tem nos atendido. Estamos gostando”, atestou.

Visão semelhante tem Pedro Freitas, que considera essa ferramenta muito “prática e bastante funcional”. Segundo ele, a grande vantagem do multicalculo é economizar o tempo de cálculo em diversas seguradoras.

Contudo, Freitas não recomenda sistemas que transmitam e baixem a comissão de corretagem direto do site da seguradora. “Esse procedimento é bem delicado tendo em vista que existem diversos fatores como: estorno de comissão, sinistros, etc. Um erro de informação pode comprometer muito. Recomendo sempre acessar o site da companhia para não ter nenhum transtorno”, sugeriu.

 

PARA PARTICIPAR

Para fazer parte dos grupos, o profissional deve acessar o www.cqcs.com.br clicar na aba “FALE CONOSCO” e enviar o número de telefone com o respectivo DDD. Antes de tudo, é possível escolher entre fazer parte do grupo mais interativo ou menos interativo e ainda receber a notícia individual.

Atualmente, mais de mil profissionais fazem parte do programa, que resume, em aproximadamente 30 segundos, as notícias de destaque do dia. Não perca tempo! Faça parte desta iniciativa pioneira do mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *